domingo, julho 12, 2009

Parvoíces

"O primeiro-ministro português e o seu homólogo cabo-verdiano depararam-se esta sexta-feira com uma autêntica multidão em São Domingos, interior da ilha de Santiago, na inauguração de uma estrada de dois quilómetros com duas faixas de rodagem.

São Domingos, a cerca de 12 quilómetros da Cidade da Praia, tem cerca de dois mil habitantes e a quase totalidade da população (incluindo bebés de colo) deve ter estado presente na cerimónia, que teve foguetes e muita música.

Mas a cerimónia foi marcada por vários episódios insólitos. Logo que José Sócrates e José Maria Neves cortaram a fita da nova estrada, que teve financiamento e obra de empresas nacionais, os dois primeiros-ministros e os membros dos seus governos percorreram de carro os cerca de dois quilómetros de estrada.

Estavam percorridos cerca de 500 metros e a caravana automóvel teve de travar ao cruzar-se com uma manada de vacas.

Alguns metros à frente, junto à berma da estrada, estava ainda um casal de burros a cobrir, indiferente ao alvoroço popular com a cerimónia de inauguração.

Depois, já nos discursos, José Sócrates fez um discurso emocionado, mas não evitou uma gaffe que trouxe à memória algumas pérolas do antigo presidente norte-americano Ronald Reagan. «Viva a ilha de São Vicente», disse Sócrates aos populares de São Domigos, ilha de Santiago.

Mas Sócrates corrigiu a gaffe imediatamente, gritando «viva a ilha de Santiago», num discurso em que deixou uma mensagem «em nome do povo português» a propósito da construção da nova estrada.

«A ajuda é uma nossa obrigação, um dever moral. Nós temos gosto em ajudar Cabo Verde no seu caminho para o desenvolvimento. Portugal tem consciência da sua História», frisou.

Mas o primeiro-ministro português fez também rasgados elogios ao povo cabo-verdiano, ponto do discurso em que foi muito aplaudido.
«Vocês transformaram um país. Vocês são um povo que venceu as etapas do desenvolvimento, um povo de gente educada e sabedora. É um gosto estar ao vosso lado», declarou.

Antes desta cerimónia de inauguração, José Sócrates percorreu a pé algumas centenas de metros no centro da Cidade da Praia, onde tomou um café numa esplanada, juntamente com vários membros do seu executivo e com o primeiro-ministro cabo-verdiano."

TVI 24

Concluindo não sei o que é pior, se isto ser uma notícia... ou se é alguém no seu prefeito juízo ir andar de mercedes numa ilha minúscula com apenas uma estrada alcatroada de 2km...

- Matumbina vai buscar as banana p'ra eu

-Não vou não é muito longe

- Né nada agora você pega a estrada e é num instante

- Ma Tibúrcio eu não tenho carro não...

Pior que tudo é que estes ministros podem ter impedido a concretização da copula de dois burros...animais que se diz estarem em extinção ... menos talvez lá para os lados dos estúdios da tvi e do parlamento...